Milhares de pessoas saíram às ruas ontem pedindo o impeachment do ministro Gilmar Mendes. Em recente entrevista ao site Glamurama, do portal UOL, Gilmar Mendes disse: “Tenho muito mais irritação em relação à imprensa do que às pessoas das ruas, que às vezes não têm qualquer noção do que estão falando e são instrumentalizadas”, disse.

Depois o magistrado disse: “Mas se eu entender que sou ofendido, e não é sensibilidade exagerada, e se me chamar de corrupto tomo medida de processar. Processei o [jornalista, já morto] Paulo Henrique Amorim, outros jornalistas, mas não, outros jornalistas, mas não tenho projeto de enriquecer com isso, doo tudo que recebo”, completou ele.

Em entrevista à GloboNews Gilmar Mendes disse que os “ataques” que ele está sofrendo dia a dia são orquestrados por robôs: “Quanto ao Twitter, isso é um mundo das fake news. Acabo de ver, antes de vir para cá, que toda essa onda foi causada por 1.700 perfis, portanto, são robôs que estão fazendo isso, essa onda toda, e a imprensa acaba por supervalorizar isso”, disse ele.

 

“Se me chamar de corrupto
tomo medida de processar”

-Gilmar Mendes

 

Visto que algumas notícias são orquestradas mesmo por robôs, vamos ver se o “todo poderoso” ministro poderá processar os robôs na internet.