As manobras perpetradas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), já liberou da cadeia oito condenados da Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

A manobra, que impede a prisão em segundo grau, inclui duas peças-chave da Lava Jato, incluindo os petistas Lula e José Dirceu, além de diversos empreiteiros da empresa Mendes Júnior e da Engevix, um ex-gerente da Petrobras e dois operadores de propinas.

Para aumentar a indignação, os tesoureiros do PT, Delúbio Soares e João Vaccari Neto,  conseguiram essa semana a decisão do STF para que retirassem suas tornozeleiras eletrônicas, dispositivo que serve para a Polícia e a Justiça acompanharem cada passo dado pelos criminosos.