Homenagem ao governador aconteceu durante as festas de  30 anos do TRF da 1ª Região e o chefe do executivo do DF recebeu o colar do mérito judiciário que faz referência ao ministro Nelson Hungria.

Ibaneis, durante a solenidade, disse para os presentes: “Para mim é uma honra muito grande. Passei 25 anos advogando neste tribunal, então é o reconhecimento por esse trabalho, a maneira sempre carinhosa que sempre tratei essa Corte”, disse. o chefe do Executivo, que fez questão de estar acompanhado dos filhos, Caio Rocha (20) e João Pedro (13). “Acho que homenagens como essas edificam o ser humano que nasceu e gosta do trabalho. Tenho certeza que isso é fruto de um relacionamento que construí durante toda a minha carreira profissional”, enfatizou.

Além de Ibaneis, outros destaques do segmento judiciário foram o ex-ministro do Supremo, Ayres Britto, e o atual ministro do STJ, Antonio Herman de Vasconcellos e Benjamin.

O discurso de Ibaneis contou com citações de Paulo Leminski, poeta curitibano, e o físico alemão Albert Einstein. “O tempo do juiz é o tempo da prudência”, disse Ibaneis Rocha no TRF 1ª Região.